segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Quem são as grifes que estão desfilando hoje, dia 19 de janeiro

Isabela Capeto
A estilista formou-se na Accademia di Moda, em Florença, na Itália. Fez parte da equipe de criação de grifes como Maria Bonita e Lenny, aguardando o momento para dar um importante salto: a abertura do próprio ateliê, em 2003. Audaciosa, apenas cinco meses depois fez um showroom de sua marca em Paris e não parou mais. Suas peças são estilosas, únicas, inspiradas em temas que ela vê no cotidiano, sem se prender a meras tendências comerciais.

Ronaldo Fraga
Conhecido como “Contador de histórias”, o estilista criou em 1996 a marca homônima. Seus desfiles são verdadeiras fábulas e é comum ver a platéia sair com os olhos rasos d’água.


Alexandre Herchcovitch
Estilista nacional de grande nome, Alexandre vendeu suas duas grifes para o grupo I´M, mas continua como diretor criativo de ambas. Em 2007, abriu sua primeira loja internacional no Japão, sendo o primeiro estilista brasileiro a levar sua grife para o exterior. Em janeiro de 2008, anunciou sua saída da direção de criação da Zoomp.


Fórum Tufi Duek
O estilista Tufi Duek inaugurou no início da década de 80, o primeiro showroom e fez fama com calças jeans que viraram coqueluche. Entre as principais características da grife estão a sensualidade e a elegância, desde a etiqueta Tufi Duek – que é composta por peças sensuais em tecidos nobres – ao acabamento.

Do estlista
A grife de Marcelo Sommer foi criada em 2006. Descontraída, divertida e cool, a grife traduz perfeitamente o talento e personalidade do estilista. A estréia na SPFW aconteceu em janeiro de 2007.

Lino Villaventura
O estilista incorpora ao artesanato tradicional do Nordeste o espírito da alta costura. O resultado é um prêt-à-porter de luxo feito com bordados, nervuras, trançados, aplicações, recortes em tecidos luxuosos casados com renda filé, palha de buriti, barbante de algodão. A marca Lino Villaventura existe desde 1982, quando o estilista abriu sua primeira loja em Fortaleza. Começou sua carreira em 1978, com pequenas produções de tiragem limitada, fato que firmou Lino Villaventura no mercado de moda nacional. O estilista faz alta costura autoral e, por isso, a marca não segue com afinco as tendências da moda.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial