sexta-feira, 12 de março de 2010

A Moda mais próxima da cultura

Para aqueles que questionavam que a moda, a arquitetura e o artesanato sempre foram tratados pelo poder público apenas como forma de negócio, chegou uma ótima notícia. As pré-conferências dessas áreas marcam o ponto de partida da aproximação entre esses setores e o Ministério da Cultura, além de conquistarem o reconhecimento de manifestações culturais.

Esse reconhecimento vem para confirmar e valorizar o trabalho feito pelos profissionais dessas áreas, que identificam visualmente o Brasil. Outro ponto positivo nessa relação com a cultura, é a possibilidade que a cadeia produtiva tem de receber futuros investimentos relacionados à cultura. O Fundo Nacional de Cultura, por exemplo, disponibilizará apenas nesse ano R$ 900 milhões para fundos setoriais.

Com a abertura desse horizonte surgem novas questões como a criação de um fundo setorial de moda e a estruturação na economia da cultura. Ações essas que, com o tempo, vão ganhar corpo, o que é ótimo para todos que estão envolvidos nessas áreas. Inclusive para o próprio governo, que já adiantou que a moda será um dos próximos alvos de estudos do Ministério da Cultura.

0 Comentários:

Postar um comentário

Assinar Postar comentários [Atom]

Links para esta postagem:

Criar um link

<< Página inicial